RSS

Já sabe como se vai vestir, no Mercado Quinhentista?

mulheres

mulheres_1mulheres_11Untitled-1HomensHomens_1Num evento de recriação histórica devemos tentar adequar o traje à personagem que representamos. A atitude de cada participante, o traje e os produtos usados contribuem no seu conjunto, para a aproximação ao ambiente da época, que é fundamental para o sucesso do evento.

A colaboração de cada participante é importante e deve ter atenção ao grupo social que pretende representar: Nobreza, Clero, Burguesia ou Povo.

Venha vestido à época e participe ativamente no Mercado.

Os taberneiros, artesãos, mercadores, pequenos comerciantes, camponeses são pessoas do Povo, que vestem roupas simples e sem grandes adereços. Por isso, os tecidos utilizados na confecção das roupas devem ser simples e grosseiros, de preferência lisos, isto é, de uma só cor e sem padrões.

Homem:

  • calças de malha ou outro tecido pouco largas (justas às pernas), de cores escuras: castanho, cinza, preto, azul, verde garrafa…)
  • túnica simples, a direito, ligeiramente comprida, com mangas a ¾, de gola redonda inteira ou com corte, das seguintes cores: verdes, azuis, castanhos, bege, cinza, amarelo torrado, cor de vinho, roxo…
  • avental no caso de taberneiros – sem franzido na cintura e acima do joelho (se não se optar pelo avental, usar um cinto de couro ou tecido)
  • bolsa (em couro ou a imitar) à cintura para pôr o dinheiro ou optar por colocar um bolso no avental
  • barrete, em forma de ½ lua  – castanho, preto, cinza, verde e azul escuro
  • os sapatos devem ser em couro ou a imitar, pretos ou castanhos.

Mulher:

  • Touca ou lenço na cabeça
  • Túnica simples de uma só cor ou blusa com franzido na manga e na gola: amarelo torrado, azul claro e escuro, verde, rosa, pêssego, castanho, branco, bege…
  • Pode-se usar colete justo ao corpo, atado à frente com cordel
  • Saia comprida até ao tornozelo, franzida e de cores preferencialmente escuras.
  • Avental com ou sem franzido, com ou sem bolso
  • Sapatos: tamancos, sapatos ou chinelos em couro (ou a imitar)

 Atenção: evitar relógios e telemóveis, que não são da época, assim como ténis ou calças de malha com marcas visíveis.

Anúncios
 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 11 de Fevereiro de 2018 em Vestuário

 

Edição 2018

Retrato_de_Tristão_Vaz_Teixeira

O Mercado Quinhentista de Machico volta a recriar as vivências coletivas dos primeiros anos da primeira capitania do Reino, Machico. A XIIIª edição do Mercado Quinhentista acontecerá no primeiro fim-de-semana de junho, nos dias 1, 2 e 3, com a temática “Herdeiros de Tristão”. Neste momento em que se aproxima a comemoração de uma época grandiosa da História da Madeira, as comemorações dos 600 anos do seu povoamento, pretende-se homenagear Tristão Vaz Teixeira, um dos primeiros capitães donatários da Madeira, do qual somos herdeiros.

Sendo 2018 o Ano Europeu do Património Cultural, o Mercado Quinhentista apresenta-se como uma oportunidade de reflexão e consciencialização da importância da herança cultural na formação de todas as sociedades.

À semelhança das edições anteriores, o Mercado Quinhentista de Machico apresentará novidades e dinâmicas que tantas opiniões favoráveis têm colhido junto dos visitantes e participantes.

Contamos com a vossa presença para vivenciar mais acontecimentos da nossa História, porque o Mercado Quinhentista de Machico é já uma herança de todos nós!

 

 

Edição 2017 na Comunicação Social

Direto – RTP

Ao longo de três horas de emissão a RTP acompanhou a recriação histórica das vivências colectivas da Capitania de Machico. Foi mais uma edição do Mercado Quinhentista.  | 3 Junho, 2017

Direto – NaMinhaTerraTV

A Minha Terra TV, transmitiu via Internet todo a edição no sábado | 3 Junho, 2017

Hora 10 – Antena 1

Ricardo Caldeira e Ricardo Crespo professores da Escola de Machico e membros
da Comissão Organizadora do Mercado Quinhentista revelam o programa deste
evento de recriação histórica. | 18 Mai, 2017


 

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 9 de Novembro de 2017 em Sem categoria

 

Dias 2, 3 e 4 de junho

Cartaz_MQ_2017_net

PROGRAMA

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 28 de Maio de 2017 em Sem categoria

 

Mercado Quinhentista com o café da sua vida…

Cafe_delta

Foi na antiga vila de Machico, segundo Jerónimo Dias Leite, que se ensaiou o fabrico de açúcar: “(…) o primeiro açúcar que se vendeu nesta ilha da Madeira foi na vila de Machico donde se começou a fazer e recolheram treze arrobas dele que se vendeu cada arroba a cinco cruzados (…)”.

Apoio: DELTA cafés

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 27 de Maio de 2017 em Informações, Notícias

 

Exposição no Fórum Machico – Museu da Marinha

Marinha

Museu de Marinha | Exposição – 22 maio,  18 horas no Fórum Machico

Ver mais

 

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 21 de Maio de 2017 em Exposições, Notícias

 
Imagem

Exposição no La Vie até 21 de Maio

cartaz_lavie_net_2

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 16 de Maio de 2017 em Cartaz, Exposições, Informações, Notícias